Yoast SEO: o que é e como usar

  • bizideias

Você que está em busca de um ótimo plugin para auxiliar a otimização do seu conteúdo, aposte no Yoast SEO!

Uma ferramenta que pode ser encontrada no WordPress e é fundamental para quem procura melhorar o ranqueamento no Google. Nesse artigo, irei contar um pouco mais sobre o plugin e suas principais funcionalidades.

Seria perfeito se apenas com o estralar dos dedos, tudo o que escrevêssemos aparecesse logo na primeira página do Google. Mas a vida não é tão simples. Para alavancar a sua página é preciso produzir um conteúdo com qualidade e o uso de técnicas SEO.

E como ferramenta de ajuda está o plugin Yoast SEO. Ele é responsável por apresentar o que está bom e o que precisa ser melhorado. Pensando sempre no ranqueamento pelas técnicas de SEO.

Não importa o que você deseja otimizar. O Yoast é essencial para tornar a leitura amigável. E assim, facilitar para que os motores de busca do Google encontrem seu texto. Incrível não é mesmo? Se você ainda não tem instalado, vamos dar um passo a passo rápido.

Como instalar o plugin?

Se você começou a usar agora o WordPress, vamos indicar como pode instalar o plugin. O que é bastante simples. Segue aqui comigo:

  1. No Dashboard, localize na coluna esquerda a opção Plugins;
  2. Passe o cursor sem clicar, serão apresentadas opções;
  3. Clique em Adicionar Novo;
  4. Você será redirecionado a uma espécie de “loja” do WordPress;
  5. Clique na opção “Pesquisar Plugins”;
  6. Digite Yoast;
  7. Ao encontrar, basta clicar em “Instalar agora”.

Leia também: 8 plugins do wordpress essenciais para quem produz conteúdo

Entendendo a ferramenta

O WordPress fará todo o processo restante como baixar, instalar e pedirá para você ativá-lo. Fácil, não é mesmo? E para checar se está instalado corretamente, basta verificar se no dashboard consta “SEO”.

Agora que já instalamos a ferramenta no WordPress, precisamos entender um pouco mais como esse plugin nos ajuda. Antes de tudo, é importante frisar que ele não pune ou reduz o seu post. Ele é como um árbitro ou um conselheiro, digamos assim.

O Yoast irá analisar o texto e sinalizar aquilo que pode influenciar o buscador positiva ou negativamente. E assim irá te aconselhar a melhorar em alguns pontos. Ou no mínimo, para que possa dar uma olhadinha novamente.

Mas é preciso entender uma coisa essencial para usar a ferramenta. O Yoast é baseado em boas práticas. Ele tem uma visão até um pouco robótica. E o Google tem se preocupado também em humanizar os resultados. Levar uma experiência melhor para os usuários.

Então, não leve a “ferro e fogo” tudo o que a ferramenta pontuar. Cabe o bom senso e a análise se aquela pontuação será favorável ou não para a qualidade do conteúdo.

Como posso usar Yoast SEO?

Após a análise, a ferramenta apresenta a avaliação por meio de cores. Vermelho, Amarelo (ou laranja) e Verde. Sim, assim como um semáforo. E a ideia é justamente a mesma.

  •         Verde: Legal, pode seguir ou postar!
  •         Amarelo/Laranja:Opa, tem algo aqui que pode melhorar. Vamos dar atenção?
  •         Vermelho:Pare! Tem algo muito importante que precisamos olhar.

Se tiverem muitos erros de SEO On page, o plugin vai deixar uma marca laranja ou vermelha. E isso quer dizer que é bom olhar o texto novamente. Pois boa parte do conteúdo não está em acordo com as boas práticas dos buscadores. E se queremos ranquear, é bom revisar.

Já se a ferramenta sinalizar a cor verde, podemos ficar tranquilos. Pois está amigável para os buscadores. Ou seja, o conteúdo está praticamente todo alinhado as técnicas de SEO.

O Readability também é uma avaliação dentro do Yoast. Ele analisa a fluidez do texto e legibilidade.  Ou seja, verifica se os parágrafos não estão grandes, frases muito extensas e separação de intertítulos.

É uma característica a ter muita atenção. Pois como o Google tem buscado a melhor experiência ao usuário, a legibilidade conta muito. Assim, se a cor ficar vermelha ou laranja, vale uma leitura em voz alta para ajustar a dinâmica do texto.

Leia também: Redação SEO: Técnica que melhora o ranqueamento do seu site

E quais as principais sinalizações?

Como disse um pouco antes, as sinalizações do plugin não são regras, e sim, conselhos. Desta forma, às vezes uma sinalização vermelha não precisa ser mudada, pois a forma como está é a ideal.

Para te ajudar a entender um pouco mais sobre essa ferramenta, separei as principais sinalizações:

  • Título

Já temos em nosso entendimento a importância do título para o ranqueamento da página, certo? O Yoast irá sinalizar em laranja ou vermelho as seguintes situações:

  •         Se o Title Tag (SEO Title) está muito extenso;
  •         Se seu título está muito curto;
  •         Se não apresentar a palavra-chave;
  •         Se a palavra-chave não estiver mais à esquerda.

Agora vamos aos motivos. O título muito longo pode aparecer quebrado no Google, não chamando a atenção de seu leitor. Da mesma forma, se estiver curto demais pode não atrair para leitura. Ter a palavra-chave no título é praticamente obrigatório. Se estiver mais a esquerda pode ampliar o seu CTR.

  • Meta Description

O foco da meta description é muito semelhante ao do título. Ter um tamanho ideal (nem tão extenso e nem tão curto) e conter a palavra-chave. Apesar de não ser um fator essencial para o ranqueamento, a boa descrição serve para alavancar a quantidade do seu CTR.

Se estiver sinalizado com laranja, verifique se não está longo demais. O que fará com que o texto fique cortado na apresentação. E se consta a palavra-chave, o que será importante para chamar a atenção de seu público.

  • Palavra-chave

Nesse ponto temos duas pontuações para colocar. Primeiro, o Yoast SEO informa se você estiver tentando ranquear uma palavra-chave que tem mais de um conteúdo. O que pode ocasionar a apresentação de seu conteúdo para pessoas que não tem interesse no tema.

A segunda é referente a quantidade de palavras-chave usadas. Não existe uma quantidade ideal, isso vai variar de acordo com o conteúdo. Mas o Yoast irá sinalizar se você estiver forçando uma palavra-chave.

Lembre-se: é muito melhor ter um conteúdo de qualidade, do que ficar repetindo a palavra-chave. Além disso, o Google entende as variações dessas palavras.

  • Número de palavras

Outra sinalização da ferramenta é quanto a quantidade de palavras. Se o número for abaixo de 300 palavras, teremos a cor vermelha nas marcações. Isso porque a ferramenta entende que você não pode explicar algo ou informar com qualidade em apenas 300 palavras.

Claro que se o conteúdo for um vídeo, por exemplo, e as 300 palavras forem apenas a introdução, você pode descartar o sinal vermelho.

Lembra? São apenas boas práticas e não regras!

  • URL

A URL é fundamental para o ranqueamento e merece todo o seu cuidado e atenção. É importante que você nunca use caracteres especiais, pois o Google não lê. Desta forma, acentos, símbolos e letras em maiúsculo devem ser eliminados.

Vale lembrar que sua palavra-chave deve estar na sua URL. E esse é um ponto que o Yoast SEO sinaliza. Caso não tenha a palavra-chave ou esteja com caracteres especiais a luz vermelha acenderá.

Agora, tenha bastante cuidado em uma situação, por exemplo, a sua palavra-chave é produção de conteúdo. Como a URL não aceita acentos, ela ficará assim “producao-de-conteudo”. Adivinha o que irá acontecer?

Sim, o Yoast irá sinalizar em vermelho, pois entende que a palavra-chave não foi usada. Então, muito cuidado com os apontamentos. Não leve tudo como regra.

Leia também: URL amigável: o que é e por que é importante

  • Alt text

Por fim, falaremos do Alt text. É como o buscador fará a leitura de sua imagem. Desta forma, é importante que a sua palavra-chave esteja em seu alt text. É exatamente isso que a ferramenta irá sinalizar.

Além disso, caso não tenha imagem, ele também irá apontar como um erro.

Devo usar?

A resposta é sim! É uma ótima ferramenta para eliminar pequenos erros de SEO, que talvez você não visse sem um bom conselheiro. Mas vale lembrar novamente, use a ferramenta como um auxílio para otimizar a página. E não como uma verdade absoluta.

Ter pontos verdes é o melhor! Mas as mudanças não podem conflitar com a qualidade de seu conteúdo!

Precisa de ajuda?